«A imagem que, ao longo dos séculos, o camonismo de Estado formou e difundiu mostra o autor de Os Lusíadas como um plagiador de Petrarca na lírica, de Virgílio na épica, de Platão na filosofia; um homem de inegável talento, mas sem iniciativa criadora, servo em religião do catolicismo, mentiroso pelo uso da mitologia romana, pior cronista do que João de Barros; um sensual hesitante entre a atracção do sexo e a sua sublimação. Quatrocentos anos se aborreceram os portugueses com esta imagem à qual atribuíram um sentido não muito diferente do retrato do Presidente da República em exercício, obrigatoriamente pendurado nas repartições públicas. Por ironia ou sarcasmo pintaram o plagiador – homem de algum talento, servil e beato, mentiroso e sensual – com uma coroa de louros sobre a cabeça severa de guerreiro. Em cima escreveram: Luís de Camões, Príncipe dos Poetas; e puseram por baixo a palavra «Pátria».» 
António Telmo

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Parabéns, Miguel Real!

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

(Edição LusoSofiaPress e Universidade da Beira Interior)

 CLIQUE na imagem para aceder ao livro

________________________________________________________________________________

«Nos pensadores que contamos entre os responsáveis no próximo futuro pelo destino da filosofia entre nós, quatro se nos impõem: Alberto Ferreira, António Telmo, Eduardo Lourenço e Orlando Vitorino. Em todos eles despontou o sentido de «o que mais importa», pois nos aparecem intimamente atentos com diversa explicitação ao imperativo dizer de Plotino.»

José Marinho

 

«Dito de um modo muito claro: o lugar de António Telmo na cultura portuguesa releva-se por ter sido o grande pensador da segunda metade do século XX, na esteira de Sampaio Bruno e Fernando Pessoa, a teorizar o esoterismo, atribuindo-lhe um estatuto de testemunho e prova tão positivo quanto a prova factual mais concreta, furtando estes estudos à parafernália de seitas e grupúsculos marginais ao saber instituído.»

Miguel Real

 

«ANTÓNIO TELMO – Ave-Sol que acompanha Orpheu na descida ao reino dos mortos. Poisa no seu ombro esquerdo e dá-lhe ao ouvido a nota de entrada da Lira. O mesmo que antífona. Pouco sai da Boca do Inferno, onde se alimenta de queijadas saloias e jeropiga. Nunca se interessou pelo filho de Bóreas nem pela Asa Delta.»

António Cândido Franco

_______________________________________________________________________________________________________

 

ANTÓNIO TELMO. VIDA E OBRA é um projecto criado em 20 de Novembro de 2013 por um grupo de amigos e leitores de António Telmo e estudiosos da sua obra e destina-se à divulgação do seu legado bio-bibliográfico e do seu pensamento. Na sua página digital se publicarão, tão sistematicamente quanto possível, notícias, excertos de livros, dispersos e inéditos de António Telmo, documentação télmica e estudos e testemunhos sobre o autor da História Secreta de Portugal

Complementarmente, António Telmo. Vida e Obra dedica especial atenção à vida, à obra e ao pensamento de quantos, entre mestres, condiscípulos e continuadores, precederam ou, com ele dialogando, acompanharam António Telmo, e, para tanto, estabelece as parcerias e outras formas de colaboração que entenda serem adequadas à prossecução dos seus fins.

Cumpre-nos agradecer à família de António Telmo, e em particular a Maria Antónia Vitorino, a confiança e o apoio que prestam a este projecto, ao entregarem-nos o estudo e a edição do espólio e da obra do filósofo: o projecto António Telmo. Vida e Obra assegura o apoio institucional e científico à edição das Obras Completas de António Telmo, em curso de publicação na Zéfiro

________________________________________________________________________________

 

Notícias

LIVRO QUE ASSINALA O CENTENÁRIO DE ANTÓNIO QUADROS SERÁ LANÇADO EM BREVE

26-05-2024 12:46
Será lançado proximamente o livro António Quadros nos 100 anos do seu nascimento. Coordenado por...

5 DE JUNHO, ÀS 18:00, NO PALÁCIO DA INDEPENDÊNCIA, EM LISBOA: ANTÓNIO CÂNDIDO FRANCO EVOCA MÁRIO BEIRÃO

26-05-2024 12:39

«LUZ NEGRA»: LONGA-METRAGEM DOCUMENTAL DE MARA ROSA COMEMORA CINQUENTENÁRIO DA REVISTA «A IDEIA»

26-05-2024 12:30
Luz Negra, a primeira longa-metragem realizada por Mara Rosa, membro do Projecto António Telmo....

NOTA DE PESAR: ROMANA VALENTE PINHO

26-05-2024 12:08
Romana Valente Pinho, à esquerda na foto, com António Telmo, Helena Briosa e Mota e Anahi Braia...

«1976, A EVOLUÇÃO DOS CRAVOS»: ÓPERA "TÉLMICA" COM LIBRETO DE RISOLETA C. PINTO PEDRO SUBIU AO PALCO EM GUIMARÃES

26-05-2024 11:21
fotos: Setúbal Voz   Como já havíamos anunciado, depois do êxito vivido com a estreia, em...

«A HERESIA PORTUGUESA - DA INQUISIÇÃO À REVOLUÇÃO: O PAÍS SUBTERRÂNEO»: NOVO LIVRO DE PEDRO MARTINS FOI LANÇADO NO PASSADO DIA 16

26-05-2024 11:11
  Casa cheia na Sala Araújo Ferreira da Escola de Medicina Tradicional Chinesa (ESMTC), em...

18 DE MAIO, UMA ÓPERA "TÉLMICA" EM GUIMARÃES: «1976, A EVOLUÇÃO DOS CRAVOS» SOBE AO PALCO DO CENTRO CULTURAL VILA FLOR

02-05-2024 00:00
Depois do êxito vivido com a estreia, nos passados dias 12, 13 e 14 de Abril, no Fórum Luísa Todi,...

16 DE MAIO, 18:30, NA ESCOLA DE MEDICINA TRADICIONAL CHINESA: PEDRO MARTINS LANÇA «A HERESIA PORTUGUESA»

02-05-2024 00:00
A Heresia Portuguesa – Da Inquisição à Revolução: o país subterrâneo, novo livro de Pedro Martins,...

EM JUNHO, NA BIBLIOTECA NACIONAL DE PORTUGAL: ALEXANDRE TEIXEIRA MENDES E PEDRO MARTINS FALAM DA FILOSOFIA DA HISTÓRIA DE ANTÓNIO TELMO

07-04-2024 17:20
António Telmo será um dos filósofos abordados no decurso do Colóquio sobre Filosofia da História...

ANTÓNIO TELMO EM DESTAQUE NA REVISTA SUPER INTERESSANTE HISTÓRIA SOBRE A SAUDADE

07-04-2024 17:04
António Telmo é um dos autores em destaque no número temático da revista Super Interessante...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Blogue

VOZ PASSIVA. 135

30-09-2023 12:09
António Telmo, memórias do tempo da Revolução Manuel Calado   Tive a sorte de conhecer o António Telmo, nos finais de 1973, no Redondo, quando já se sentiam os ventos da mudança que, como uma bênção, aos meus olhos juvenis, chegaria, meses depois. No Redondo, onde ambos fomos parar,...

CORRESPONDÊNCIA. 63

10-09-2023 10:55
Carta de Max Hölzer para António Telmo, de 27 de Julho de 1977    27 juillet 77   Mon cher Ami – plongé dans « toutes sortes » de travaux après mon retour, vous l’imaginez, j’essayais en regardant le « dépôt » qu’ont accumulé en moi les perceptions plus ou moins...

VOZ PASSIVA. 134

29-08-2023 09:30
António Telmo e a História Secreta do Figurado de Estremoz Mara Rosa Imagem: Amor é cego, de Afonso Ginja. Colecção particular. Foto tirada daqui. Gramática Secreta da Língua Portuguesa foi o primeiro livro de António Telmo de que tive notícia, cujo título bastaria para...

EDITORIAL. 30

21-08-2023 00:02
Évora, o destino e o sentido   Passam hoje treze anos sobre a morte de António Telmo. Foi em Évora que o filósofo partiu para a grande viagem. Em 1 de Maio de 1964, em entrevista a’O Benfica Ilustrado, após frisar que a sua simpatia futebolística pelo Lusitano de Évora vinha logo após o...

VOZ PASSIVA. 133

21-08-2023 00:01
Para António Telmo Risoleta C. Pinto Pedro   Da história à tradição a voz ecoa No distante intervalo em que soa O Anjo do Bem: no direito lado A letra começa, tem seu cabo e fado.   Transmite-lhe o pai precioso dom Preceito que o guerreiro do pensar Ignorar não pode, nem...

VOZ PASSIVA. 132

21-08-2023 00:00
Quem pode dizer que conheceu, verdadeiramente, António Telmo? Maria Sarmento   Conheci o António Telmo pelo que se mostrava de enigma e, simultaneamente, de natural humanidade. Quem pode dizer que conheceu, verdadeiramente, António Telmo? Encontrámo-nos e convivemos várias vezes em...

DISPERSOS. 20

21-08-2023 00:00
À semelhança de “A esfera armilar”, que os leitores de António Telmo bem conhecem das páginas de Filosofia e Kabbalah, “O segredo de Os Lusíadas” surgiu no primeiro número de Escola Formal, revista de que, sob a direcção de Afonso Botelho e Orlando Vitorino, se publicaram seis números, de Junho de...

CORRESPONDÊNCIA. 62

20-08-2023 14:42
Carta de Max Hölzer para António Telmo, de 19 de Junho de 1977   Lisboa, le 19-06-77   Cher António Telmo, Ici les poèmes français. Je suis content. – malgré tout – d’avoir été chez vous, je vous remercie de toute votre attention et vous prie de dire à votre femme aussi mes remerciements...

VOZ PASSIVA. 131

15-08-2023 10:50
António Quadros e António Telmo: um diálogo entre livres-pensadores[1] Pedro Martins     1. «Lá para Outubro, vou-me embora. Não deixe que me convertam». Estas são palavras de Álvaro Ribeiro para Francisco Sottomayor, a quem as ouviu António Telmo. Foi deste que as escutei e não podem...

VOZ PASSIVA. 130

23-06-2023 09:57
António Telmo e Tomé Natanael, ou a contemplação de si Risoleta C. Pinto Pedro A Literatura Portuguesa está repleta de manifestações em que os poetas revelam a sua divisão interior. Atribui-se este estado de ser à perseguição feita aos judeus na Península, convertidos à força, a partir do século...
<< 1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

As Obras Completas 

de António Telmo 

são editadas pela ZÉFIRO. 

Clique na capa para as adquirir. 

A Colecção 

Thomé Nathanael -

Estudos sobre António Telmo 

é editada pela ZÉFIRO. 

Clique na capa para a descobrir.

Canal 

ANTÓNIO TELMO. VIDA E OBRA 

no YouTube.

Clique na imagem para o visitar.