«A imagem que, ao longo dos séculos, o camonismo de Estado formou e difundiu mostra o autor de Os Lusíadas como um plagiador de Petrarca na lírica, de Virgílio na épica, de Platão na filosofia; um homem de inegável talento, mas sem iniciativa criadora, servo em religião do catolicismo, mentiroso pelo uso da mitologia romana, pior cronista do que João de Barros; um sensual hesitante entre a atracção do sexo e a sua sublimação. Quatrocentos anos se aborreceram os portugueses com esta imagem à qual atribuíram um sentido não muito diferente do retrato do Presidente da República em exercício, obrigatoriamente pendurado nas repartições públicas. Por ironia ou sarcasmo pintaram o plagiador – homem de algum talento, servil e beato, mentiroso e sensual – com uma coroa de louros sobre a cabeça severa de guerreiro. Em cima escreveram: Luís de Camões, Príncipe dos Poetas; e puseram por baixo a palavra «Pátria».» 
António Telmo

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Parabéns, Miguel Real!

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

(Edição LusoSofiaPress e Universidade da Beira Interior)

 CLIQUE na imagem para aceder ao livro

________________________________________________________________________________

«Nos pensadores que contamos entre os responsáveis no próximo futuro pelo destino da filosofia entre nós, quatro se nos impõem: Alberto Ferreira, António Telmo, Eduardo Lourenço e Orlando Vitorino. Em todos eles despontou o sentido de «o que mais importa», pois nos aparecem intimamente atentos com diversa explicitação ao imperativo dizer de Plotino.»

José Marinho

 

«Dito de um modo muito claro: o lugar de António Telmo na cultura portuguesa releva-se por ter sido o grande pensador da segunda metade do século XX, na esteira de Sampaio Bruno e Fernando Pessoa, a teorizar o esoterismo, atribuindo-lhe um estatuto de testemunho e prova tão positivo quanto a prova factual mais concreta, furtando estes estudos à parafernália de seitas e grupúsculos marginais ao saber instituído.»

Miguel Real

 

«ANTÓNIO TELMO – Ave-Sol que acompanha Orpheu na descida ao reino dos mortos. Poisa no seu ombro esquerdo e dá-lhe ao ouvido a nota de entrada da Lira. O mesmo que antífona. Pouco sai da Boca do Inferno, onde se alimenta de queijadas saloias e jeropiga. Nunca se interessou pelo filho de Bóreas nem pela Asa Delta.»

António Cândido Franco

_______________________________________________________________________________________________________

 

ANTÓNIO TELMO. VIDA E OBRA é um projecto criado em 20 de Novembro de 2013 por um grupo de amigos e leitores de António Telmo e estudiosos da sua obra e destina-se à divulgação do seu legado bio-bibliográfico e do seu pensamento. Na sua página digital se publicarão, tão sistematicamente quanto possível, notícias, excertos de livros, dispersos e inéditos de António Telmo, documentação télmica e estudos e testemunhos sobre o autor da História Secreta de Portugal

Complementarmente, António Telmo. Vida e Obra dedica especial atenção à vida, à obra e ao pensamento de quantos, entre mestres, condiscípulos e continuadores, precederam ou, com ele dialogando, acompanharam António Telmo, e, para tanto, estabelece as parcerias e outras formas de colaboração que entenda serem adequadas à prossecução dos seus fins.

Cumpre-nos agradecer à família de António Telmo, e em particular a Maria Antónia Vitorino, a confiança e o apoio que prestam a este projecto, ao entregarem-nos o estudo e a edição do espólio e da obra do filósofo: o projecto António Telmo. Vida e Obra assegura o apoio institucional e científico à edição das Obras Completas de António Telmo, em curso de publicação na Zéfiro

________________________________________________________________________________

 

Notícias

PRÓXIMA SEXTA, 15 DE SETEMBRO, ÀS 16:00: DANIEL PIRES LANÇA «O ESSENCIAL SOBRE BOCAGE» NA CASA DA CULTURA DE SETÚBAL

10-09-2023 10:17

MARA ROSA NO PROJECTO «ANTÓNIO TELMO. VIDA E OBRA»

29-08-2023 09:56
Mara Rosa acaba de aderir ao Projecto António Telmo. Vida e Obra.   Nascida em Beja no ano de...

MARIA SARMENTO E ANTÓNIO COUVINHA NO PROJECTO ANTÓNIO TELMO. VIDA E OBRA

21-08-2023 00:00
Maria Sarmento e António Couvinha, amigos e conviventes de António Telmo em Évora, acabam de...

«A GLÓRIA DA INVENÇÃO» JÁ NAS REDES BERTRAND E FNAC

15-08-2023 10:29
A Glória da Invenção – Uma aproximação ao pensamento iniciático de António Telmo, de Pedro Martins...

DOIS NOVOS LIVROS DE POESIA DE RISOLETA C. PINTO PEDRO LANÇADOS EM LISBOA NO PASSADO DIA 14 DE JULHO

15-08-2023 10:24
Saídos a lume com a chancela das Edições Sem Nome, As Cinco Estações e Kronos inVersos, os...

14 DE JULHO, ÀS 18:00, NA ESCOLA DE MEDICINA TRADICIONAL CHINESA, EM LISBOA: RISOLETA C. PINTO PEDRO LANÇA «KRONOS inVERSUS» E «AS CINCO ESTAÇÕES»

11-07-2023 11:06
Dois novos livros de poesia de Risoleta C. Pinto Pedro, Kronos inVersus e As Cinco Estações são...

EM DIA DE SÃO JOÃO: «A GLÓRIA DA INVENÇÃO» FOI APRESENTADA NA AMORC DE LISBOA

11-07-2023 10:45
A sede da Ordem Rosacruz AMORC de Lisboa foi palco, no passado dia 24 de Junho, dia de São João...

A PARTIR DE AMANHÃ, EM LISBOA E RIO MAIOR, NO CENTENÁRIO DE ANTÓNIO QUADROS: CONGRESSO E ROMANCE INÉDITO ASSINALAM EFEMÉRIDE

11-07-2023 10:27
Organizado pela Fundação António Quadros e pelo Instituto de Filosofia Luso-Brasileira, inicia-se...

NO PRÓXIMO SÁBADO, ÀS 18:30, NA AMORC, EM LISBOA

22-06-2023 22:03
  A AMORC - Ordem Rosacruz recebe no próximo sábado, às 18:30, na sua sede em Lisboa, sita no...

ELÍSIO GALA EVOCOU ANTÓNIO TELMO EM ALMEIDA

22-06-2023 21:41
Elísio Gala, membro do Projecto António Telmo. Vida e Obra, evocou a figura de António Telmo no...
<< 2 | 3 | 4 | 5 | 6 >>

Blogue

UNIVERSO TÉLMICO. 79

10-06-2024 11:20
  A Heresia Portuguesa – Da Inquisição à Revolução: O País Subterrâneo* Pedro Martins                          Na foto: Fiama Hasse Pais Brandão   Entre as acusações que, n’O Labirinto da Saudade, Lourenço endossa aos...

DOS LIVROS. 74

10-06-2024 10:47
O camonismo de Estado* A imagem que, ao longo dos séculos, o camonismo de Estado formou e difundiu mostra o autor de Os Lusíadas como um plagiador de Petrarca na lírica, de Virgílio na épica, de Platão na filosofia; um homem de inegável talento, mas sem iniciativa criadora, servo em religião do...

CORRESPONDÊNCIA. 66

26-05-2024 13:04
Carta de Max Hölzer para António Telmo de 11 de Setembro de 1977  8 (nativité de la sainte Vierge)   C’est le jour où je voulais un peu compléter ces lignes – mais aujourd’hui, hélas!, c’est le 11, Quelques indications pour vous. Si vous étudiez les lois – jusque dans le châp. 10[i] –...

VOZ PASSIVA. 142

02-05-2024 00:01
António Telmo, Platão e o ritmo Risoleta C. Pinto Pedro  Soube-se, há poucos dias, por pergaminho encontrado nas cinzas do Vesúvio, qual o lugar onde teria sido enterrado Platão: o jardim da Academia de Atenas, que fundara. Dá-se a morte cerca do ano de 348 a.C., mas é de vida que hoje aqui...

VOZ PASSIVA. 141

02-05-2024 00:00
1976, A Evolução dos Cravos (Libreto para ópera com música de Vítor Rua) Risoleta C. Pinto Pedro   I ACTO   A um canto não muito iluminado da cena ainda oculta, do lado esquerdo do palco, uma mesa de oráculo com uma bola de cristal destacando-se pelo brilho. De um lado e do outro da...

EDITORIAL. 32

02-05-2024 00:00
Uma inspiração constante   A personagem do Filósofo (à direita, na foto), consulente do oráculo Ouroborus, que domina o I Acto da ópera 1976, A Evolução dos Cravos, que, com libreto de Risoleta C. Pinto Pedro e música de Vítor Rua, estreou no Fórum Luísa Todi, em Setúbal, nos passados dias...

UNIVERSO TÉLMICO. 78

07-04-2024 17:45
Risoleta C. Pinto Pedro e a portugalidade* Paulo Jorge Brito e Abreu     (dedico o meu labor ao Arcano da Estrela)   «Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus.» São Paulo, in «Primeira Carta aos Coríntios», 3: 9   De Risoleta C....

DOS LIVROS. 73

07-04-2024 16:18
Entrevista à revista LER, conduzida por Francisco José Viegas               Hoje podemos dizer que chegou a um ponto em que tem uma obra regular, com alguma insistência em pontos fundamentais. Comecemos pelo princípio. Como é que se...

VOZ PASSIVA. 140

09-01-2024 15:25
De Miguel Real, publicamos hoje a sua recensão do livro A Glória da Invenção. Uma Aproximação ao Pensamento Iniciático de António Telmo, de Pedro Martins e Risoleta C. Pinto Pedro, recentemente dado à estampa no número 353, de 13 de Dezembro, do jornal portuense As Artes Entre as Letras....

VOZ PASSIVA. 139

09-01-2024 15:06
Publicamos hoje o artigo com que Risoleta C. Pinto Pedro colaborou no mais recente número de Praça Velha, da Guarda, revista cultural editada pela edilidade local. A sessão de lançamento deste número, já o 45, em que a hermenêutica de António Telmo surge em destaque, teve lugar no Museu da Guarda,...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

As Obras Completas 

de António Telmo 

são editadas pela ZÉFIRO. 

Clique na capa para as adquirir. 

A Colecção 

Thomé Nathanael -

Estudos sobre António Telmo 

é editada pela ZÉFIRO. 

Clique na capa para a descobrir.

Canal 

ANTÓNIO TELMO. VIDA E OBRA 

no YouTube.

Clique na imagem para o visitar.