«A palavra invenção, como muitas outras palavras, sofreu um desvio do seu étimo pelo qual deixou de ser compreendida. E foi isto que levou muitos a dizerem, por exemplo, que os portugueses não inventaram o Brasil, mas sim o descobriram.

Invenção é o que vem (de venis) e o que sopra (ventum), é o que nos ocorre subitamente no espírito e nos faz ver o que não víamos e o que os outros não viam. Sublinhamos aquilo que explica o significado corrente da palavra.»  


António Telmo

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Para consultar o programa, clique na imagem 

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

(Edição LusoSofiaPress e Universidade da Beira Interior)

 CLIQUE na imagem para aceder ao livro

________________________________________________________________________________

«Nos pensadores que contamos entre os responsáveis no próximo futuro pelo destino da filosofia entre nós, quatro se nos impõem: Alberto Ferreira, António Telmo, Eduardo Lourenço e Orlando Vitorino. Em todos eles despontou o sentido de «o que mais importa», pois nos aparecem intimamente atentos com diversa explicitação ao imperativo dizer de Plotino.»

José Marinho

 

«Dito de um modo muito claro: o lugar de António Telmo na cultura portuguesa releva-se por ter sido o grande pensador da segunda metade do século XX, na esteira de Sampaio Bruno e Fernando Pessoa, a teorizar o esoterismo, atribuindo-lhe um estatuto de testemunho e prova tão positivo quanto a prova factual mais concreta, furtando estes estudos à parafernália de seitas e grupúsculos marginais ao saber instituído.»

Miguel Real

 

«ANTÓNIO TELMO – Ave-Sol que acompanha Orpheu na descida ao reino dos mortos. Poisa no seu ombro esquerdo e dá-lhe ao ouvido a nota de entrada da Lira. O mesmo que antífona. Pouco sai da Boca do Inferno, onde se alimenta de queijadas saloias e jeropiga. Nunca se interessou pelo filho de Bóreas nem pela Asa Delta.»

António Cândido Franco

_______________________________________________________________________________________________________

 

ANTÓNIO TELMO. VIDA E OBRA é um projecto criado em 20 de Novembro de 2013 por um grupo de amigos e leitores de António Telmo e estudiosos da sua obra e destina-se à divulgação do seu legado bio-bibliográfico e do seu pensamento. Na sua página digital se publicarão, tão sistematicamente quanto possível, notícias, excertos de livros, dispersos e inéditos de António Telmo, documentação télmica e estudos e testemunhos sobre o autor da História Secreta de Portugal

Complementarmente, António Telmo. Vida e Obra dedica especial atenção à vida, à obra e ao pensamento de quantos, entre mestres, condiscípulos e continuadores, precederam ou, com ele dialogando, acompanharam António Telmo, e, para tanto, estabelece as parcerias e outras formas de colaboração que entenda serem adequadas à prossecução dos seus fins.

Cumpre-nos agradecer à família de António Telmo, e em particular a Maria Antónia Vitorino, a confiança e o apoio que prestam a este projecto, ao entregarem-nos o estudo e a edição do espólio e da obra do filósofo: o projecto António Telmo. Vida e Obra assegura o apoio institucional e científico à edição das Obras Completas de António Telmo, em curso de publicação na Zéfiro

________________________________________________________________________________

 

Notícias

14 DE DEZEMBRO, ÀS 15:30, NA BIBLIOTECA-MUSEU REPÚBLICA E RESISTÊNCIA

09-12-2013 12:29
É, por razões que imediatamente se tornam óbvias, uma sessão muito cá de casa, e a que...
<< 54 | 55 | 56 | 57 | 58

Blogue

VOZ PASSIVA. 129

17-05-2023 11:31
Na foto, da esquerda para a direita do leitor: Paulo Brandão, Pedro Martins, Deolinda Fernandes e José Faro, durante a sessão de lançamento de A Glória da Invenção, de Pedro Martins e Risoleta C. Pinto Pedro, no passado dia 2 de Maio, na ESMTC - Escola de Medicina Tradicional Chinesa, em...

INÉDITOS. 106

02-05-2023 00:00
O presente escrito corresponde à parte inicial, nunca desenvolvida ou concluída, de um livro que António Telmo tencionaria intitular de O livro das minhas invenções, como o próprio refere no texto. Apesar da sua natureza brevíssima e fragmentária, reveste-se da maior importância para a compreensão...

VOZ PASSIVA. 128

02-05-2023 00:00
António Telmo, o sentido do Sul e um acontecimento recente em Portugal Eduardo Aroso No dia em que se cumpre a data de nascimento de António Telmo (2/5/1927 – 21/8/2010) e em que é apresentada a obra «A Glória da Invenção» de Pedro Martins e Risoleta C. Pinto Pedro, acabo de reler uma das mais...

EDITORIAL. 29

02-05-2023 00:00
Tempo de (re)invenção   No dia em que se completam 96 anos sobre o nascimento de António Telmo, sai a lume o terceiro título da Colecção Thomé Nathanael – Estudos sobre António Telmo, com a proverbial chancela da editora Zéfiro. A Glória da Invenção – Uma aproximação ao pensamento iniciático...

CORRESPONDÊNCIA. 61

30-04-2023 17:04
Carta de Max Hölzer para António Telmo, de 6 de Maio de 1977   Le 6 Mai 77   Mon cher ami António Telmo:   En espérant que vous n’êtes pas trop déçu, je dois vous dire que je devrais changer mon plan en ce qui concerne mon entrée au Portugal via Badajoz. Il y avait plusieurs raisons...

VOZ PASSIVA. 127

30-04-2023 16:46
O meu encontro com António Telmo Francisco Soares  Triplo lançamento dos livros O Bateleur, de António Telmo, Estruturas Simbólicas do Imaginário na Literatura Portuguesa, de António Quadros, e  Eleonor na Serra de Pascoaes, de António Cândido Franco, na Galeria Nasoni, em Lisboa,...

UNIVERSO TÉLMICO. 77

16-04-2023 12:15
Da flórida flama: o figadal, a feeria, a construção do templo Paulo Jorge Brito e Abreu     «O homem é um actor de Deus no palco do Universo.»   Jacob Levy Moreno   ( dedico o meu labor à Cultura Duriense Transmontana do século XXI )   Qual «Homo Viator», enceto, agora,...

CORRESPONDÊNCIA. 60

16-04-2023 11:47
Carta de Max Hölzer para António Telmo, de 8 de Abril de 1977   Le vendredi saint  77 Mon cher ami António Telmo : Votre lettre qui m’a trouvé tout ouvert et ému −, malgré mon désir d’y répondre immédiatement, est restée trop longtemps sans réponse ; étant trop absorbé...

INÉDITOS. 105

16-04-2023 11:27
História Secreta de Portugal, o mais célebre livro de António Telmo, tem ele mesmo uma história que pode igualmente ser considerada secreta, no sentido de que somente o estudo do espólio do filósofo permitirá esclarecer – pelo menos em parte – o correspondente processo de gestação e de...

DOS LIVROS. 72

26-03-2023 13:39
Natália Correia[1] Prólogo: Folhando o “catálogo”, lê-se, a páginas tantas da história da literatura: Natália Correia, surrealista; bibliografia: Le Surréalisme, Colecção “Que Sais-je?”. Esta escritora, porém, não é francesa; nasceu nas ilhas e é muito bonita. Andou, de facto, na mesma escola do...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

As Obras Completas 

de António Telmo 

são editadas pela ZÉFIRO. 

Clique na capa para as adquirir. 

A Colecção 

Thomé Nathanael -

Estudos sobre António Telmo 

é editada pela ZÉFIRO. 

Clique na capa para a descobrir.

Canal 

ANTÓNIO TELMO. VIDA E OBRA 

no YouTube.

Clique na imagem para o visitar.