«A palavra invenção, como muitas outras palavras, sofreu um desvio do seu étimo pelo qual deixou de ser compreendida. E foi isto que levou muitos a dizerem, por exemplo, que os portugueses não inventaram o Brasil, mas sim o descobriram.

Invenção é o que vem (de venis) e o que sopra (ventum), é o que nos ocorre subitamente no espírito e nos faz ver o que não víamos e o que os outros não viam. Sublinhamos aquilo que explica o significado corrente da palavra.»  


António Telmo

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Parabéns, Miguel Real!

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

(Edição LusoSofiaPress e Universidade da Beira Interior)

 CLIQUE na imagem para aceder ao livro

________________________________________________________________________________

«Nos pensadores que contamos entre os responsáveis no próximo futuro pelo destino da filosofia entre nós, quatro se nos impõem: Alberto Ferreira, António Telmo, Eduardo Lourenço e Orlando Vitorino. Em todos eles despontou o sentido de «o que mais importa», pois nos aparecem intimamente atentos com diversa explicitação ao imperativo dizer de Plotino.»

José Marinho

 

«Dito de um modo muito claro: o lugar de António Telmo na cultura portuguesa releva-se por ter sido o grande pensador da segunda metade do século XX, na esteira de Sampaio Bruno e Fernando Pessoa, a teorizar o esoterismo, atribuindo-lhe um estatuto de testemunho e prova tão positivo quanto a prova factual mais concreta, furtando estes estudos à parafernália de seitas e grupúsculos marginais ao saber instituído.»

Miguel Real

 

«ANTÓNIO TELMO – Ave-Sol que acompanha Orpheu na descida ao reino dos mortos. Poisa no seu ombro esquerdo e dá-lhe ao ouvido a nota de entrada da Lira. O mesmo que antífona. Pouco sai da Boca do Inferno, onde se alimenta de queijadas saloias e jeropiga. Nunca se interessou pelo filho de Bóreas nem pela Asa Delta.»

António Cândido Franco

_______________________________________________________________________________________________________

 

ANTÓNIO TELMO. VIDA E OBRA é um projecto criado em 20 de Novembro de 2013 por um grupo de amigos e leitores de António Telmo e estudiosos da sua obra e destina-se à divulgação do seu legado bio-bibliográfico e do seu pensamento. Na sua página digital se publicarão, tão sistematicamente quanto possível, notícias, excertos de livros, dispersos e inéditos de António Telmo, documentação télmica e estudos e testemunhos sobre o autor da História Secreta de Portugal

Complementarmente, António Telmo. Vida e Obra dedica especial atenção à vida, à obra e ao pensamento de quantos, entre mestres, condiscípulos e continuadores, precederam ou, com ele dialogando, acompanharam António Telmo, e, para tanto, estabelece as parcerias e outras formas de colaboração que entenda serem adequadas à prossecução dos seus fins.

Cumpre-nos agradecer à família de António Telmo, e em particular a Maria Antónia Vitorino, a confiança e o apoio que prestam a este projecto, ao entregarem-nos o estudo e a edição do espólio e da obra do filósofo: o projecto António Telmo. Vida e Obra assegura o apoio institucional e científico à edição das Obras Completas de António Telmo, em curso de publicação na Zéfiro

________________________________________________________________________________

 

Notícias

JA SAIU A REVISTA «A IDEIA» DE 2023

15-01-2024 10:32
Está publicado o número de 2023 da revista A Ideia.   É um número quádruplo,...

«RENASCENÇA PORTUGUESA E GERAÇÃO NÓS»: NOVO LIVRO DE PAULO SAMUEL FOI LANÇADO NO FINAL DE NOVEMBRO

14-01-2024 17:41
Renascença Portuguesa e Geração “Nós” é o título do livro que Paulo Samuel (organização, pórtico,...

NO PASSADO DIA 4 DE DEZEMBRO, EM BRASÍLIA: CONFERÊNCIA SOBRE LITERATURA DE JOÃO FERREIRA

14-01-2024 17:22
De Brasília, através do Professor Henryk Siewierski, chega-nos a gostosa notícia da conferência...

EM ESTREMOZ: ANTÓNIO TELMO EVOCADO NO JORNAL ESCOLAR «A BILHA»

14-01-2024 16:52
O jornal escolar estremocense A Bilha, editado trimestralmente pelo Agrupamento de Escolas de...

NO PASSADO SÁBADO, NO MUSEU BERARDO ESTREMOZ: ANTÓNIO TELMO EVOCADO EM TARDE SAUDOSA E MEMORÁVEL

20-11-2023 11:53
  A Glória da Invenção – Uma aproximação ao pensamento iniciático de António Telmo, de...

CARLOS DUTRA NO PROJECTO ANTÓNIO TELMO. VIDA E OBRA

20-11-2023 10:48
Carlos Dutra acaba de aderir ao Projecto António Telmo. Vida e Obra. Natural da cidade da Horta,...

NO PASSADO DIA 21 DE OUTUBRO, NA CASA-MEMÓRIA JOANA LUÍSA E SEBASTIÃO DA GAMA, EM AZEITÃO: TERTÚLIA EM TORNO DE «A PAIXÃO DE FERNANDO P.», DE ANTÓNIO QUADROS

06-11-2023 17:13
Uma conversa prazenteira e muito fecunda em torno de A Paixão de Fernando P., o romance que...

18 DE NOVEMBRO, ÀS 15:30, NO MUSEU BERARDO ESTREMOZ: «ANTÓNIO TELMO EM ESTREMOZ»

06-11-2023 16:55

A PROPÓSITO DE MAX HÖLZER: O PROJECTO ANTÓNIO TELMO. VIDA E OBRA NA «EPHEMERA» DE JOSÉ PACHECO PEREIRA

14-10-2023 18:32
O Projecto António Telmo. Vida e Obra e a correspondência de Max Hölzer para António Telmo, cuja...

ANA RODRIGUES NO PROJECTO ANTÓNIO TELMO. VIDA E OBRA

14-10-2023 17:01
Ana Rodrigues acaba de aderir ao Projecto António Telmo. Vida e Obra.  Ana...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Blogue

VOZ PASSIVA. 13

10-02-2014 08:56
O bilhar António Cagica Rapaz    O bilhar era o cartão de visita do Central, sendo o patrão Arménio um fino executante, embora lhe faltasse fôlego para disputas sérias. Exibia-se de vez em quando, com o seu taco e as suas bolas, jogava sempre em casa, ao seu ritmo tranquilo, por prazer,...

«OS MEUS PREFÁCIOS». 02

09-02-2014 13:09
[Café “A Brasileira do Rossio”]     INTRODUÇÃO A DIONISO EM CRETA E OUTROS ENSAIOS, DE EUDORO DE SOUSA[1]   Julgo lembrar-me de ter ouvido ao Eudoro de Sousa dizer que os livros verdadeiramente dignos de atenção se devem ler do fim para o princípio, que é como quem diz, da...

VOZ PASSIVA. 12

07-02-2014 09:16
A foto, ainda inédita, da autoria e do arquivo pessoal de Paulo Samuel, membro do projecto António Telmo. Vida e Obra, mostra-nos António Telmo, no uso da palavra, e Pinharanda Gomes numa das mesas do Colóquio "Álvaro Ribeiro e a Filosofia Portuguesa", que se realizou no Porto em 1993....

FOTOS COM HISTÓRIA(S). 03

06-02-2014 09:03
Do arquivo pessoal de Paulo Samuel, e da autoria deste membro do projecto António Telmo. Vida e Obra, uma fotografia histórica, sem margem para dúvida. Trata-se de uma mesa-redonda subordinada ao tema “Leonardo Coimbra e a Filosofia Portuguesa”, realizada na Fundação Eng. António de...

DOCUMENTA. 01

05-02-2014 12:25
Quando chega a Brasília em Fevereiro de 1966, para leccionar Cultura Latina e Cultura Portuguesa na Universidade da novel capital brasileira, António Telmo vai ali reencontrar Eudoro de Sousa, de quem havia partido o convite para a travessia do Atlântico. Já se conheciam, bem entendido....

INÉDITOS. 03

02-02-2014 10:59
Escrito já em 2010, ou seja no último ano de vida de António Telmo, esta breve página memorial sobre o seu amigo António Cagica Rapaz, desaparecido meses antes (em 13 de Dezembro de 2009), reflecte sobretudo, por parte do filósofo, a leitura do derradeiro livro do sesimbrense, uma sorte...

POEMAS. 03

01-02-2014 08:27
José Marinho, um dos mestres de António Telmo, a cuja memória o filósofo dedicou a História Secreta de Portugal, nasceu no Porto a 1 de Fevereiro de 1904, vindo a falecer em Lisboa em 5 de Agosto de 1975. Quando escreve o poema com que assinala o septuagésimo aniversário do autor de...

VERDES ANOS. 02

31-01-2014 00:01
Álvaro Ribeiro fala em dado trecho de A Razão Animada na transgressão dos elementos a que os artistas se mostram particularmente habilitados. Só quem de todo ignorar a proverbial escritura etimológica do filósofo, mestre daqueles que sabem, poderá assacar um sentido policial ao emprego de...

CORRESPONDÊNCIA. 04

30-01-2014 09:54
CORRESPONDÊNCIA DE REBELO GONÇALVES PARA ANTÓNIO TELMO. 04   Lisboa, 31 de Outubro de 1968.                       Meu caro António...

INÉDITOS. 02

29-01-2014 11:45
Não Não sabemos ao certo onde terá tido lugar a conversa entre Rafael Monteiro e Agostinho da Silva, cujo excerto brevíssimo se me deparou agora, guardado num dos proverbiais cadernos de apontamentos de António Telmo. Bem oportuna se revelou, porém, a descoberta, levando por destino certo o...
<< 54 | 55 | 56 | 57 | 58 >>

As Obras Completas 

de António Telmo 

são editadas pela ZÉFIRO. 

Clique na capa para as adquirir. 

A Colecção 

Thomé Nathanael -

Estudos sobre António Telmo 

é editada pela ZÉFIRO. 

Clique na capa para a descobrir.

Canal 

ANTÓNIO TELMO. VIDA E OBRA 

no YouTube.

Clique na imagem para o visitar.