ACABA DE SER PUBLICADO O SEGUNDO NÚMERO DA REVISTA «DEVIR»

20-11-2015 12:15

Continuando o trabalho iniciado em meados deste ano 2015, acaba de sair do prelo o segundo número da DEVIR – REVISTA IBERO-AMERICANA DE CULTURA, dirigida por Nuno Matos Duarte e Ruy Ventura.

Esta edição – que mantém a publicação de originais em português, espanhol e galego – conta com vários textos que merecem a atenção dos leitores: poemas de António Telmo (+), Casé Lontra Marques, Edmar Guimarães, Fernando Guimarães, Filipa Barata (+), Iacyr Anderson Freitas, José Luis Calvo, José Luís Peixoto, Juan Alcántara, Luís Leal, Márcio-André, Rita Taborda Duarte, Ruy Ventura e Virna Teixeira, ensaios e crónicas de António Carlos Carvalho, Antonio Sáez Delgado, Bianka de Andrade Silva, José do Carmo Francisco, Levi Condinho, Nuno Matos Duarte, Pedro Martins e Risoleta C. Pinto Pedro. Este número tem vários destaques: um dossiê dedicado a um dos poetas cubanos mais destacados, José Kozer, com três poemas inéditos seus e um ensaio de Luis Arturo Guichard, professor na Universidade de Salamanca; uma antologia de um dos autores mais eminentes da nossa poesia, Pedro Tamen, seleccionada por Ruy Ventura; e um bloco de fotografias de um dos artistas portugueses contemporâneos mais importantes, José Luís Neto.

Numa civilização que se dissolve, substituindo a cultura pelo espectáculo, a revista prossegue o seu caminho sem se vincular a qualquer grupo ou movimento e sem privilegiar qualquer expressão artística. Esforça-se por resistir ao relativismo estético dominante, radicado na estratégia totalitária e mercantil que vai transformando o homo sapiens num abúlico homo œconomicus, consumidor sem direito a uma verdadeira cidadania. Rejeita, por isso, o apagamento da memória individual e colectiva, o conformismo dos que confundem a inovação com a sua aparência e a erosão do acto intelectivo num homo videns que tudo vê mas nada compreende, sobretudo quando a arte, enquanto ápice da evolução humana, se vê desalojada pelos seus simulacros, ao ser alienada pelas malasartes do logro.

O número dois da DEVIR é patrocinado pela Câmara Municipal de Ponte de Sor e publicado pelas edições Licorne, de Évora. Pode ser encomendado através do email devir.revista@gmail.com. Mais informações sobre a publicação podem ser obtidas no sítio http://devirrevista.wix.com/devir .

O lançamento ocorrerá em Badajoz, em data a anunciar, com intervenções de Antonio Sáez Delgado e Luís Leal, estando também prevista sessão de apresentação em Lisboa, com intervenções de António Cândido Franco e José Luís Neto.